Vela de Ignição: Para que serve e quando trocar

Saiba como identificar problemas na vela de ignição do carro e qual a hora certa para trocar as velas

Por
Vela de Ignição: Para que serve e quando trocar

Se você ainda não sabe qual a importância da vela de ignição para o funcionamento do carro está na hora de descobrir para que serve esse componente mecânico. Aqui, no Blog da Carvizion, você vai ficar sabendo sobre a função da vela de ignição e qual a hora de trocar as velas de partida do automóvel. Confira!

O que é e para que serve a vela de ignição automotiva?

Basicamente, a vela de ignição do carro é um eletrodo que é conectado a bobina de ignição. Quando acionada, ela provoca uma centelha dentro da câmara de combustão. E esse trabalho é o responsável por dar a partida no veículo.

Toda vez que a vela gera uma faísca há um pequeno desgaste nos eletrodos, exigindo maior tensão de trabalho. Isso faz com que ela se deteriore e ainda provoque o desgaste de cabos e bobinas. Por isso, é sempre bom ficar atento à manutenção dos componentes da ignição veicular.

Quando trocar a vela de ignição do carro?

Se as velas de ignição estão desgastadas, você sentirá alguns problemas no carro, tais como dificuldades na hora de dar a partida do automóvel, perda de potência do motor com desempenho abaixo do normal e maior consumo de combustível.

Para realizar a manutenção correta desse componente automotivo é preciso ficar atento aos sinais. Por isso, fique de olho também se a marcha lenta está desregulada, se há ruídos durante o funcionamento do motor do veículo e se está saindo fumaça escura do escapamento automotivo.

O período de troca da vela de ignição pode variar de um carro para o outro. Então, consulte o manual do veículo e saiba qual a recomendação da montadora. Normalmente, é indicado que as velas de ignição sejam revisadas a cada 10 mil km.

Agora que você já sabe quando trocar as velas de ignição, procure um mecânico de confiança para fazer a manutenção do veículo e volte a andar sem problemas.