Passo a Passo: Como Legalizar Carro com Suspensão Rebaixada

Veja como ter carro rebaixado dentro da lei para não ser multado em uma blitz

Por
Passo a Passo: Como Legalizar Carro com Suspensão Rebaixada

Por muito tempo, rebaixar o carro era proibido por lei. Alvo de muitas polêmicas, esse assunto acabou virando a página e, desde que a Resolução do Contran 479 de 2014 entrou em vigor, legalizar suspensão rebaixada foi permitido.

Se você curte esse estilo de vida e pretende andar com carro baixo, confira o guia que preparamos para você sobre como legalizar suspensão fixa ou regulável.

É possível dirigir com suspensão rebaixada?

Segundo a Resolução que permite a alteração das características originais do carro, a suspensão automotiva pode ser fixa ou regulável, ou seja, você pode optar por suspensão fixa, rosca ou a ar.

Outros pontos são importantes: a altura mínima permitida do veículo até o chão é de 10cm medida do ponto mais baixo do automóvel e as rodas e pneus não podem encostar em nenhuma parte do carro durante o teste de esterçamento.


Como legalizar carro rebaixado

Não, você não pode simplesmente rebaixar seu veículo e sair andando por aí. Antes, é preciso abrir um processo junto ao Detran para solicitar a alteração do carro. Confira como funciona no passo a passo abaixo:

  • Ao abrir o processo no Detran será emitida uma guia para pagamento de uma taxa;

  • É necessário apresentar o veículo e os documentos do carro para avaliação na qual será verificado se a modificação não prejudicará o funcionamento do veículo;

  • Com a autorização do Detran, leve a um profissional capacitado para rebaixar o carro;

  • Procure uma oficina credenciada pelo INMETRO após a alteração onde o automóvel será inspecionado e será verificado se as alterações atendem ao que diz a norma do Contran;

  • Caso o automóvel seja reprovado, será necessário voltar ao profissional onde foi feita a alteração para que os pontos avaliados sejam corrigidos;

  • Com a aprovação do INMETRO, é preciso retornar ao Detran e solicitar o Certificado de Segurança Veicular (CSV).

Com toda a documentação em mãos, caso o veículo seja parado em uma blitz você não corre o risco de ser multado e ter o carro apreendido, pois poderá provar que o rebaixamento está legalizado.

Para saber quanto custa o processo para legalizar o veículo é preciso consultar o Detran da sua cidade já que os valores podem variar de uma localidade a outra. Será preciso pagar taxas para a emissão da autorização prévia, Certificado de Registro Veicular (CRV) e Certificado de Segurança Veicular (CSV).