O que é Controle Eletrônico de Estabilidade e qual sua importância para o carro

Já ouviu falar em carros com controle de estabilidade? Descubra como funciona esse sistema eletrônico

Por
O que é Controle Eletrônico de Estabilidade e qual sua importância para o carro

Você já ouviu falar no controle de estabilidade para carros? Esse sistema eletrônico, conhecido pelas siglas ESC (Electronic Stability Control) ou ESP (Electronic Stability Program), será obrigatório em todos os carros novos a partir de 2020 e para todos os veículos leves em 2022. Por isso, saiba um pouco mais sobre ele e qual sua importância para a segurança no trânsito.

O que é Controle Eletrônico de Estabilidade?

Obrigatório na Europa desde 2014 e nos Estados Unidos desde 2012, esse sistema eletrônico de estabilidade passa a ser obrigatório no Brasil a partir de 2020. Ele atua para evitar acidentes, identificando se o movimento feito pelo motorista corresponde à direção em que o carro está.

Assim, ele corrige a direção do automóvel durante curvas ou desvios bruscos de trajetória, impedindo que o veículo derrape caso perca a aderência entre os pneus e o asfalto.

Como funciona o controle de estabilidade automotivo?

Esse sistema é capaz de analisar a trajetória do carro e os movimentos do volante através de sensores e, ao notar alguma situação fora do normal, aciona os freios de cada roda e até mesmo o torque do motor.

Dessa forma, o ESP evita que o motorista perca o controle da direção e se envolva em acidentes, por exemplo, ao desviar de um obstáculo na estrada. Ao mudar de faixa, a traseira do veículo pode derrapar, mas, nesse momento, o controle de estabilidade do automóvel nota o problema e freia as rodas para controlar a aceleração e realizar o trajeto sem problemas.

A importância do controle de estabilidade

Considerado como um dos sistemas de segurança mais efetivos depois do cinto de segurança, o controle eletrônico de estabilidade foi feito para impedir a perda do controle de direção em curvas fechadas, desvios e pista escorregadia. Além disso, um estudo realizado nos EUA entre os anos de 2004 a 2006, mostrou que o uso desse sistema era capaz de reduzir os acidentes fatais em 43%.

Agora que você já sabe mais sobre o funcionamento do controle de estabilidade, se prepare para ver esse sistema integrando mais e mais carros. Afinal, ele já está presente nos novos HB20, Onix Plus, Ford Ka, dentre outros.