Iluminação Automotiva: como e quando usar as luzes do carro corretamente

Veja qual a hora certa para usar a luz de posição ou ligar o farol de milha do carro

Por
Iluminação Automotiva: como e quando usar as luzes do carro corretamente

Que a iluminação automotiva é fundamental para sua segurança no trânsito você já sabe. Mas, se você tem dúvida de qual a hora certa para acionar cada uma das luzes do carro, vem conferir a função e como usar farol de neblina, luz de posição, luz alta e mais.

Farol de Neblina

Tanto o farol de neblina quanto a lanterna de neblina devem ser acesos apenas durante a neblina, chuva forte ou cerração. O seu uso é restrito apenas a rodovias. Na cidade, o uso dessas luzes automotivas pode causar acidentes ao ofuscar a visibilidade dos motoristas que trafegam no sentido contrário. O uso inadequado é passível de multa, considerado infração grave com cinco pontos na CNH.

Farol de Milha

Muita gente tem dúvida de como funciona o farol de milha automotivo e até o confunde com o farol de neblina. Saiba que eles são componentes diferentes do sistema de iluminação automotivo. Diferente do farol de neblina, os milhas só podem ser acesos em área urbana onde há pouca ou nenhuma iluminação. É bom lembrar que eles não substituem os faróis principais e devem ser acionados para complementar o uso deles, iluminando à distância.

Luz Baixa

A luz baixa já virou obrigatoriedade nas rodovias. Ela é usada em túneis e estradas durante o dia ou à noite sem prejudicar os outros condutores. Assim como nos carros, as motos também devem acionar a luz baixa independente do período do dia. E atenção: a luz baixa não pode ser substituída pelo farol de neblina.

Luz Alta

Ruas mal iluminadas requerem o uso da luz alta. Por isso, só acenda o farol alto caso esteja trafegando em lugares mais escuros, onde há pouca iluminação. Ao perceber que outro carro esteja vindo em sua direção é necessário trocar a luz alta por luz baixa.

Luz de Posição

A luz de posição deve ser usada durante a noite quando houver embarque ou desembarque de pessoas ou cargas para indicar a presença do veículo a outros motoristas. Por isso o nome “luz de posição”. Também pode ser acionada em caso de chuva ou forte cerração.

Luz de Freio

Quando essa luz está acesa é sinal de que o motorista está freando o veículo. Por isso a importância do bom funcionamento desse componente de iluminação automotiva. Assim como a luz de freio, o break light é de uso obrigatório: também chamado de terceira luz de freio, desde 2009 todos os carros devem sair de fábrica equipados com essa luz traseira.

Luz de Ré

A função da luz de ré é indicar manobras para outros condutores a fim de evitar acidentes. O uso errado dessa sinalização pode render cinco pontos na carteira de motorista e multa. A luz de marcha ré deve ter iluminação com tonalidade branca.

Luz de Seta

A tão falada luz de seta que sempre gera confusões no trânsito é de uso obrigatório em ultrapassagens, mudança de faixa, conversão e retorno. Caso a luz do carro esteja queimada é permitido que o motorista sinalize a manobra com o braço esquerdo. Esta é também a função da luz de seta para retrovisores que reforça o uso das luzes de mudança de direção dianteiras e traseiras.

Pisca Alerta

Você sabe como usar o pisca-alerta do carro? Ele deve ser acionado como sinal de emergência para sinalizar que o veículo teve problemas mecânicos ou houve atropelamento. Também é permitido seu uso ao estacionar em vagas por tempo determinado como em frente a farmácias e hospitais. Nada de usar o pisca alerta com o carro em movimento ou durante chuva e cerração, pois pode causar acidentes.

Saber usar as luzes automotivas aumenta sua segurança no trânsito, ajudando na visibilidade das ruas e obstáculos e na sinalização. Por isso, cheque sempre as lâmpadas do carro e troque as lâmpadas queimadas para que você possa trafegar tranquilo.