Cuidados essenciais com o carro para evitar a transmissão do coronavírus

Confira as dicas e evite que seu carro seja um transmissor do COVID-19

Por
Cuidados essenciais com o carro para evitar a transmissão do coronavírus
  • Deixe um frasco de álcool em gel sempre disponível

O álcool em gel 70% é especialmente eficaz para a limpeza das mãos e deve estar sempre em fácil acesso. O motorista e os passageiros devem sempre usá-lo ao entrar e sair do carro

 

  • Higienize o carro sempre ao entrar nele

O álcool em gel é eficiente para limpeza das mãos, mas pode danificar as peças do automóvel. O mais indicado para limpeza interna do carro é utilizar água e sabão neutro. Higienize, principalmente, as maçanetas internas e externas, o volante e o câmbio. Prefira usar panos de microfibra e esfregue bem tudo, pois o vírus não resiste ao atrito com o pano. Lembre-se de lavar o pano muito bem depois.

 

  • Dirija com as janelas abertas

Dê preferência por dirigir com as janelas bem abertas e evite o uso do ar condicionado, principalmente se houver mais de uma pessoa no carro. Se trafegar em áreas de risco, feche os vidros temporariamente e abra-os assim que possível.

 

  • Evite dar e pegar caronas

Tente ao máximo utilizar o carro apenas para uso pessoal. Quanto menos pessoas próximas no interior do veículo, menor a possibilidade de transmissão.

 

  • Não esqueça de limpar o ar condicionado

Independente da pandemia, a limpeza dos filtros do ar condicionado deve ser feita a cada seis meses. Outra dica é ligar o ar quente na potência máxima cinco minutos antes de chegar em casa. Isso ajuda a higienizar o sistema.

 

  • Limpe bem os bancos

A limpeza dos bancos também deve ser priorizada. Se eles forem de couro, há produtos específicos no mercado para realizar o procedimento, mas você também pode optar por água e sabão neutro. Não esqueça de hidratar o couro com frequência para garantir sua durabilidade.

Se o estofamento for de tecido sintético, a melhor opção é água e sabão neutro. Prepare uma mistura que não faça espuma, pois ela deixará os bancos úmidos por um bom tempo, colaborando com a proliferação dos micro-organismos.